0
0 In Fique por dentro/ Moda <3

O meu processo criativo no Ateliê

Desde o surgimento do Ateliê, muitos de vocês começaram a me mandar várias perguntas relacionadas à marca, processo criativo, desenvolvimento dos conceitos, enfim… Saibam que aos poucos esses conteúdos irão surgir para matar a curiosidade de todos e quem sabe, ajudar também.
E o post de hoje é sobre o meu processo criativo para o Ateliê, como eu chego no resultado final das roupas, o que eu levo em consideração, qual meu viés de pesquisa, etc. Para ficar bem explicado, o infográfico abaixo mostra o “passo-a-passo” e em seguida descrevo com mais detalhes cada processo.

Pesquisa de modelos atemporais:

Quando um estilista inicia o processo de criação de um produto,é necessário pesquisar elementos que estão de acordo com a filosofia e imagem da marca para inserir nas peças. No Ateliê, a característica em comum a todas as peças é a atemporalidade que há nelas, e é nisso que a pesquisa é focada.
Procuro modelos versáteis para vários estilos e que transcendem o tempo, para que durem muito no guarda-roupa de nossos clientes. Ao me deparar com um modelo que me agrade, pesquiso em vários veículos (sites, revistas, livros, redes sociais) imagens de pessoas usando modelos parecidos para observar de que maneira elas estão usando nos looks, qual o tecido, detalhes de modelagem, etc.
Depois de passar por essa primeira “triagem”, verifico se a peça pode ser confeccionada em vários tecidos sem abrir mão de um bom caimento.

Alinhamento de tecido e modelo:

Com os modelos já desenhados, pesquiso no meu estoque o que tenho de matéria-prima disponível e começo a esquematizar qual tecido se encaixa melhor com qual modelo.

Coordenação de tecidos de uma mesma cápsula:

A maioria dos tecidos conseguem ter bom caimento em mais de um modelo, é preciso escolher em qual cápsula o tecido será inserido para definir de vez o que será confeccionado. Por exemplo: Se o tecido 1 serve para confeccionar uma saia ou uma blusa e o tecido 2 para confeccionar uma blusa e uma calça, escolho apenas um dos dois tecidos para confeccionar uma blusa, para ficar com o máximo de variação possível de modelos em uma mesma cápsula.

Desenvolvimento dos produtos:

Depois de tudo definido, é hora de partir para a ação. Elaboração de ficha técnica, modelagem, prova de roupa, eventuais consertos, confecção de peça piloto e fotos!

Esse processo todo é tão gostoso! Curto cada etapa para que as peças cheguem lindas até vocês.

Espero que tenham gostado de saber mais sobre como são criadas as peças do Ateliê :)

Veja outros posts!

No Comments

Leave a Reply